quarta-feira, junho 10, 2009

Abacate e isso


Estou a descobrir agora as potencialidades do Picasa 3. Não é deslumbrante como o Lr, mas dá uns toques giríssimos e rápidos. Nada mau, para uma coisa "grátes".

7 comentários:

fukujitso disse...

se for adquirir novo software de post-produção para mac, o que aconselham:

. PS
. Lr
. Aperture
. Outro

fukujitso disse...

aquele brilho ao fundo podia ter-se evaporado....

nunogodinho disse...

Eu experimentei o LR há um ano e achei-o muito lento. Então adoptei o Aperture. A verdade é que importei tudo para lá mas nunca cheguei a usá-lo porque não tenho tirado muitas fotos e as poucas que tenho tirado têm ficado como vieram ao mundo ou então tenho usado o PS. O Aperture ainda assim é pesado por isso... se for para usar o Aperture sugiro que seja porque vais editar fotos às dúzias porque aí compensa o esforço de ter aquela base de dados toda catita em que as fotos originais nunca chegam a ser tocadas. Se é para um retoque pontual acho que o PS é o mais indicado.

XL Man disse...

Não conheço o Aperture mas parece-me que é parecido ap Lr...

Discordo do Nuno sobre "para um retoque pontual acho que o PS é o mais indicado"... 1000EUR para um retoque pontual, só se andares a nadar no guito!
O Lr por 300EUR também não é uma pechincha. É o que eu uso sempre e só vou ao PS quando preciso de layers (juntar várias exposições em bracket ou fazer máscaras complexas).

-------------------

Outros:

O Corel Paint Shop Pro por 100EUR que faz o mesmo que o PS (pelo menos em relação a fotografia).
Infelizmente só para PC...

O Google Picasa é de borla e faz o mínimo indispensável. É mais poderoso do que à partida pode parecer.

Ainda de borla, existe uma versão online do PS (acho que se chama Photoshop Express) que muitas vezes é esquecida mas que pode safar nas situações de "para um retoque pontual"...

Tens ainda o PS Elements (uma versão "light" do PS) que não posso aconselhar porque não conheço - aparentemente serve para muita gente. Custa 140USD

já agora, o PS não faz nada muito melhor que os outros... é só mais conhecido e utilizado por uma questão de cultura e "hype.

nunogodinho disse...

Eu não me expliquei bem na verdade. A comparação não era entre o Aperture e o Photoshop mas sim entre um programa tipo Aperture que mantém as fotos numa base de dados e regista todas as alterações e etc e um simples programa de desenho que trata as fotos individualmente e que para gravar as alterações ou destruímos o original ou temos de guardar cópias.

fukujitso disse...

ok, se bem entendi, são todos "muita bons" mas vocês, saber-se lá porquê, acabam sempre por usar o PS - mesmo tendo perdido as eleições ;o)

onitsuaf disse...

não uso o PS para fotografia há bués. Lr rules!

conheço e usei uma versão antiga do photoshop elements e dá de facto para aquelas situações "pontuais" - sobretudo extrapolando aquilo que serão as novas funcionalidades das versões recentes em relação àquela que conheci.

mas o que diz o Nuno é muito pertinente: eu edito com frequência fotos em grandes lotes (muitas dezenas ou mesmo centenas de cada vez) e um programa tipo Lr e aperture (o aperture é parecido com o Lr mas com menos funcionalidades) aceleram loucamente o processo de trabalho. na verdade, são mais ferramentas de workflow digital do que programas para editar imagens. desde descarregar o cartão de memória (inclusivé) até a uma variedade de outputs (web, print, envio FTP e o camandro) faz-se tudo dentro da mesma aplicação a uma velocidade inacreditável. melhor mesmo, só se o programa em si se mexesse mais depressa - ele é um bocadinho lento a responder aos cliques mas o facto de ter tudo integrado bate aos pontos qualquer outra solução que eu já tenha experimentado.