quarta-feira, agosto 20, 2008

A pedido de várias famílias...

Fukujitso casa, 1

Fukujitso casa, 2
... e desde já pedindo desculpa pela demora... Parabéns Fukujitso e esposa!

A vantagem de fotografar um casamento sem ser "o fotógrafo" é que dá para tentar a sorte com coisas parvas que podem ou não resultar, sem o stress de depois não ter as "chapa 3" para mostrar aos fregueses.

Como fui "de turista", levei a recém-emprestada D2X com a 28mm e mais nada. (Ia usar a D2X para trabalhar "a sério" no dia seguinte e precisava de testá-la minimanente - e tinha-a recebido na véspera.)
Tirando uma breve inspecção no próprio dia quando cheguei a casa, esta é a primeira vez que tive tempo para olhar para estas fotos (aliás, neste momento ainda não acabei).

3 comentários:

Paula Alexandra disse...

Não há como vir ao Porto disfarçado de turista...já o Jitso fez o mesmo há um ano e pouco atrás e acabou casado com uma «turista local»...Obrigada!!!!!

XL Man disse...

Parabéns ao Jitso e à Paula.

Infelizmente não deu para ir ao casório porque não deu para eu "meter" férias nesse dia e a Maria ainda menos! Tivemos muita pena!... Ainda por cima os meninos estavam todos arrumadinhos e já me informaram que a menina é bonita e simpática :)

Já agora, a primeira foto está muito nice sim senhor.
Sobre a segunda, já começa a ser irritante em todo o lado onde se vai está alguém de maquineta/telemóvel na mão a sacar uns bonecos.

SkinStorm disse...

Sacar uns bonecos? Sacrilégio! Isto é cidadão jornalista!

Gosto muito da primeira.